Café da Manhã

Eu desativei meu despertador.
O amargo perdurava na boca enquanto o vazio morava no estômago e na alma. Incrível a minha sensibilidade com os dias, sons. Eu senti no ar aquele canto espremido de quem está preso e quer sair. Era a dor. Aquela, dos batuques soturnos, quase parando. Aquela, de um Lá que ecoa no ouvido.
Eu tinha visto que o dia ia ser fogo. Se fosse fogo que aquece o peito que soluça tão sozinho, ah! A vida estaria mansa, o dia estaria calmo como um rio a passear por entre as folhas e galhos que caem sobre si. Os passos na rua seriam harmoniosos.
O dia seria fogo, mas aquele fogo que destila ódio e que queima não a pele, mas a boca do estômago e tudo volta, volta o nada que habita em meu peito. Volta o que jurei ter um dia perdido, mas que só se perdeu dentro de mim.
Sou imensidão, um universo em frasco pequeno, que explode o tempo todo por esse acumulo que é o sentir. O existir. Da explosão nada crio senão confusão, e da confusão me fica esse fogo. Ânsia, azia, que dizia que partiria, mas apenas parte os pedaços de mim.
O tique vem e fica, o taque demora demais. Perdida numa corrida louca entre os ponteiros que correm atrás de mim e nunca me alcançam, tentei esquecer as chamas e me enrolei em meus cobertores enquanto eu espremia meus olhos tão cansados. Eu queria dormir. Eu não podia. A luz vaga que espreitava o quarto me puxou para fora da cama e então, calou-se. Dali pra frente, segui meu dia através da escuridão.
Vim tateando até aqui para dizer-te que o que se passou e ainda passa é tudo aquilo que não quer passar. É apenas a ansiedade matinal que mastigo com pão e que me afoga em meio ao café, me fazendo querer vomitar.

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s